Saiba sobre a Influenza

CAMPANHA DE VACINAÇÃO CONTRA INFLUENZA DE 5 A 25 DE MAIO 2012

PERGUNTAS E RESPOSTAS
1.    Qual período da campanha?
A Campanha será realizada no período de 5 a 25 de maio de 2012, sendo 5 de maio o dia de divulgação e mobilização nacional.
2.    Contra qual doença a vacina protege?
Protege contra a gripe sazonal (conhecida como gripe comum) e H1N1.
3.    Quem pode tomar?
Anualmente ocorre estudo epidemiológico para identificar os grupos mais suscetíveis à doença. Nesta campanha o público alvo será:
Crianças de 6 meses a menores de 2 anos de idade (1 ano, 11 meses e 29 dias)
Trabalhadores de saúde que fazem atendimento para a influenza
Gestantes
Indígenas
Idosos com 60 anos ou mais.
Presidiários
Pacientes com comorbidades, mediante prescrição médica, sendo atendidos exclusivamente no Centro de Referência de Imunobiológicos Especiais (CRIE), situado na Fundação de Medicina Tropical.
4.    Quem tomou ano passado deve tomar este ano?
Todas as pessoas inseridas nos grupos prioritários pelo Ministério da Saúde devem ser vacinadas, independentemente do histórico vacinal anterior.
As crianças que receberam a vacina contra influenza em 2011 devem receber apenas 1 dose em 2012.
5.    Em que momento a grávida pode receber a vacina?
A vacinação de mulheres grávidas contra influenza é segura em qualquer idade gestacional.
A vacina é composta por vírus morto (inativado), portanto não causa problemas à formação do bebê.
6.    Quais trabalhadores de saúde deverão ser vacinados?
Trabalhador de Saúde eleito para vacinação é aquele que exerce atividades de promoção e assistência à saúde, atuando na recepção, no atendimento, na investigação de casos de infecções respiratórias, nos serviços públicos e privados, nos diferentes níveis de complexidade, cuja ausência compromete o funcionamento desses.
Dentre estes citamos os trabalhadores que atuam:
Na atenção básica/estratégia saúde da família e os agentes de endemias;
Em pronto atendimento;
Em ambulatórios;
Em leitos de clínica médica, pediatria, obstetrícia, pneumologia;
Em hospitais de emergência e de referência para a influenza e unidades de terapia intensiva.
Assim, os médicos, equipe de enfermagem, recepcionistas, pessoal de limpeza, seguranças, motoristas de ambulâncias, equipes de laboratórios responsáveis pelos diagnósticos e profissionais que atuam na vigilância epidemiológica, os que atuam no controle sanitário de viajantes nos postos de entrada dos portos, aeroportos e fronteiras, deverão ser vacinados.
7.    Sou trabalhador de saúde, como faço para receber a vacina?
O usuário poderá dirigir-se à unidade de saúde ou posto de vacinação mais próximo, portando algum comprovante de vínculo (contracheque, crachá, declaração) e o cartão de vacinação.
8.    Qual o intervalo entre as doses?
Intervalo mínimo de 21 dias, mas para facilitar o aprazamento utilizamos 30 dias.
9.    A criança ou adulto pode receber outras vacinas junto com esta vacina?
Sim. Não há problema em receber nenhuma outra vacina do calendário na mesma hora de aplicação da vacina contra influenza. Orientamos somente utilizar locais de aplicação diferentes.
10.  Todo idoso pode receber esta vacina?
Sim, independentemente do histórico vacinal anterior.
11.  Como faço para solicitar o serviço de vacinação em domicílio para idoso?
Caso o idoso seja acamado (não se locomova), você deve procurar a unidade de saúde mais próxima ou contactar a Semsa através do telefone: 0800 280 8 280. É necessário o endereço completo, com ponto de referência, nome do idoso, idade, doença, nome do responsável e telefone de contato. Clique aqui para mais informações.
12.  Qual a contraindicação para receber a vacina?
A vacina influenza sazonal não deve ser administrada em:
Pessoas com história de reação alérgica a ovo de galinha e seus derivados, assim como a qualquer componente da vacina;
Pessoas que apresentaram reações alérgicas graves a doses anteriores, também contraindicam doses subsequentes.
13.  A pessoa que estiver com febre pode receber a vacina?
Em doenças agudas febris moderadas ou graves (acima de 38oC, recomenda-se adiar a vacinação até a resolução do quadro com o intuito de não se atribuir as manifestações da doença à vacina).
14.  E se estiver com gripe?
Não há contraindicação em caso de gripe ou resfriados, no entanto, recomenda-se adiar em caso de estado febril agudo ou moderado.
15.  A pessoa que estiver tomando antibiótico pode receber a vacina?
Sim. Não interfere com a resposta imunológica da vacina.
16.  Depois da vacina posso ingerir bebidas alcoólicas?
Sim. Não interfere com a resposta imunológica da vacina.
17.  Posso doar sangue depois de receber esta vacina?
A pessoa vacinada deve esperar 48h após a aplicação para doar sangue.
18.  Quais reações adversas esperadas pela vacina?
É mais comum dor, rubor (vermelhidão) e sensibilidade no local de aplicação. É possível também que apareçam manifestações gerais leves como febre, mal estar e dor muscular que podem começar entre 6 a 12 horas após a vacinação, persistindo por um a dois dias.
19.  Como ocorrerá a vacinação na população indígena?
A equipe da Semsa irá realizar a vacinação nos locais onde existe organização indígena reconhecida formalmente. As datas serão programadas e divulgadas previamente ao responsável de cada organização.
 
20.  Por que a vacina não é disponibilizada a toda população?
Porque nas campanhas, o Ministério da Saúde prioriza os grupos que são mais suscetíveis à doença (com maior risco de adoecer e morrer), que incluem os idosos, crianças menores de 2 anos, povos indígenas, trabalhadores de saúde, gestantes e agora, população presidiária. No entanto, as pessoas não contempladas nestes grupos podem ser vacinadas na rede privada.
21.  Pessoas que estão em tratamento de câncer, renal crônico, HIV, hemodiálise, podem tomar vacina?
Estes devem ser avaliados pelo médico responsável pelo tratamento. Caso afirmativo, estas pessoas devem ser encaminhadas ao Centro de Referência de Imunobiológicos Especiais (CRIE) situado na Fundação de Medicina Tropical portando o encaminhamento médico para aplicação da vacina.
22.  Quem tomou vacina contra Febre amarela no dia anterior à campanha poderá ser vacinado?
Sim, ela pode ser aplicada no mesmo dia ou com qualquer intervalo para outras vacinas.
23.  A vacina pode causar gripe?
Não. As vacinas influenza sazonais são bastante seguras e bem toleradas. São constituídas por vírus inativados, o que significa que contêm somente vírus mortos e há comprovação que não podem causar a doença. Processos agudos respiratórios (gripe e resfriado) após a administração da vacina significam processos coincidentese não estão relacionados com a vacina.
24.  Quem tomou a vacina na rede particular este ano pode tomar na campanha?
Àquelas pessoas já imunizadas no mesmo ano da campanha não necessitam receber novamente esta vacina.

http://garuvanet.com/portal/index.php/saude/44-saude/1444-cronograma-de-dias-e-horarios-da-campanha-de-vacinacao-da-gripe-2012